Nossa Radio AO VIVO

terça-feira, 11 de março de 2014

Prédio da boate Kiss é aberto para entrada de peritos do IGP Foto: Fernanda Ramos / Especial Uma equipe do Instituto-Geral de Perícias (IGP) entrou no prédio onde funcionava a boate Kiss, às 13h15min, na Rua dos Andradas, em Santa Maria. O perito irá coletar amostras das substâncias que entraram em combustão durante o incêndio que resultou na morte de 242 pessoas, em 27 de janeiro de 2013. _ Será feita uma coleta simples do material do forro e da manta de isolamento. Todas substâncias voláteis (gases tóxicos), depois de um ano, já evaporaram e não tem risco de contaminação _ explica Rodrigo Ebert Harsteln, perito criminal do IGP. Serão recolhidos, especificamente, fragmentos do gesso inferior e superior que cobria o teto da boate e da lã de vidro que permeava as duas placas de gesso no teto (como pedido pela defesa de Mauro Hoffmann, sócio da casa noturna e réu no processo criminal), além de materiais que revestem a parte superior do palco e adjacências (pedido da defesa de Elissandro Spohr, o Kiko, outro sócio da danceteria). Os materiais serão depositados na 1ª Vara Criminal de Santa Maria e poderão ser usados como provas pelas defesas no decorrer do processo criminal. Além do perito, três oficiais de justiça, um assistente do juiz, um representante da empresa que é dona do prédio, dois representantes da defesa dos réus, um assistente de acusação e dois representantes do Ministério Público estão no prédio. Todos usam máscaras de proteção contra poeira.

                                                                  

















Foto: Fernanda Ramos / Especial