Nossa Radio AO VIVO

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

MUSEU DE MATA RS
















                                                              MUSEU DE MATA









              II SEMINÁRIO DE ENFRETAMENTO AO ROUBO E O ABIGEATO.
Em conversa com o comandante major Nei o vereador João batista recebeu autorização de divulgar novas diretrizes do policiamento em nosso município. Mesmo em 1ª momento com efetivo reduzido o comandante regional autorizou, os policiais que houvesse a ampliação o policiamento extensivo nas áreas rurais do município, mesmo que para esse caso fosse necessário o fechamento do GPM da cidade desde que fosse fixado pelo comando  do GPM telefones para população que tivesse necessidade da presença de policiais formas de que estes atendessem a população na visão do parlamentar,um esforço do contingente militar da cidade,atendendo  também a área rural carente de policiamento,também foi confirmada a presença do comandante do 5ºRpmon no 2ºseminario de segurança publica a realizar-se nesta cidade no dia 29 de Fevereiro na casa de cultura as 14hs. Até o momento esta confirmado a presença do Major Nei,e o delegado Nenito Sarturi e outras autoridades.Vanes representando a delegacia de mata,vereadores Jose Luis, joão batista e Algeu Klimik, Hermes taschetto presidente do sindicato dos trabalhadores rurais, prefeito Sergio bruning, secretrio de educação Elton bruning,  e outras autoridades.











OS 15 ANOS DE GABRIELA PIPPI,SUA MÃE NORMA PIPPI  E SEU IRMÃO MATEUS PIPPI.









FATO LAMENTÁVEL.

                                                           FATO LAMENTÁVEL

UMA SENHORA CAIU PRÓXIMO  AO POSTO DE SAUDÊ,  DEVIDO O CALÇAMENTO ESTAR COM BURACOS, A MESMA FRATUROU O BRAÇO, TEVE LESÕES NA TESTA E NO JOELHO, CONFORME INFORMAÇÕES DO RESPONSÁVEL PELO PARQUE DE MÁQUINAS, É DE RESPONSABILIDADE DO PROPRIETÁRIO, ( N.T)  O CONSERTO ?  RESPONSABILIDADE  E DA PREFEITURA SIM.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

POPULAÇÃO DE MATA SOLICITA COM URGÊNCIAS REDUTORES DE VELOCIDADE NAS PRINCIPAIS RUAS DE MATA, DEVIDO ALGUNS MOTORISTAS NÃO RESPEITAR PEDESTRES E CONDUTORES DE VEICULO, E QUE SEJA MAIS RIGOROSAS AS FISCALIZAÇÕES.



ARTIGO

O que aprendemos com um jornal

O Diário de Santa Maria, na edição do último final de semana, transcende, sem sombras de dúvidas, à missão jornalística de comunicar a seus leitores fatos e notícias, para trazer reflexões e ensinamentos.

Na coluna Aparte, do jornalista Marcelo Martins, aprende-se, de forma objetiva e precisa, os conceitos do direito à contestação e ao contraditório. Os acontecimentos da semana passada levaram o jornal a informar e registrar em suas páginas, tal como aconteceu, o episódio do reajuste tarifário. A postura, exageros, radicalismo e até mesmo a deselegância por parte de pouco de mais 20 alunos do Diretório Central de Estudantes (DCE) da UFSM que nada contribuíram para o processo. Ameaças, deselegância e postura equivocada não somam na solução de qualquer tipo de problema ou situação a ser resolvida.

Deni Zolin, em sua coluna A Varejo, mostra a importância que o transporte coletivo tem para a população. O governo federal não tem ou não quer ter a consciência de sua responsabilidade com o setor. É mais fácil deixar os prefeitos de todos os municípios brasileiros em situações constrangedoras do que buscar soluções que possam incentivar o uso do transporte público, tomando-se, por exemplo, medidas que diminuam o impacto dos custos nos preços tarifários.

Já Fabiana Sparrremberger nos traz reportagem, de forma emocionante, as lições do menino Joãozinho, que enfrentou uma grave doença, tirando-lhe a vida precocemente e interrompendo o convívio junto a seus familiares.

Ao ler as colunas Aparte e A Varejo e as lições do menino Joãozinho, fico-me a perguntar: que tal agirmos diferente? Os transportadores buscando de todas as formas o bom atendimento aos seus usuários e o governo federal fazendo a sua parte trazendo formas de diminuir os custos do setor de transportes?

Observação: por acaso onde está a UFSM para mudar critérios ampliando e contemplando um maior número de alunos com a bolsa transporte? Com isso, os alunos da UFSM e de qualquer outra instituição teriam a oportunidade de focar-se na sua formação, pesquisa e extensão para, então, salvarmos vidas como a do Joãozinho. Em suma, é cada um fazendo a sua parte.

*Presidente da Associação dos Transportadores Urbanos (ATU) de Santa Maria

LUIZ FERNANDO MAFFINI

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012