Nossa Radio AO VIVO

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Secretaria Municipal de Agricultura e Fomento Econômico- Mata RS Boa tarde, é primordial que eu, enquanto secretário de agricultura e obras deste município, venha trazer informações à comunidade: desde já, então, gostaria de agradecer ao apoio da equipe que trabalha no galpão (operários, operadores, motoristas, seguranças, marceneiros, eletricistas, mecânicos, enfim, TODOS que trabalham nessa grande equipe do galpão). Agradeço por que um bom trabalho só se desenvolve com apoio e respeito mútuo, que leva ao entendimento e aos resultados. E vou defendê-los sempre que for necessário, em troca, só espero uma coisa: comprometimento. Nós todos somos funcionários públicos e devemos honrar esse cargo. Jamais nos esqueçamos disso! Dito isso, gostaria de esclarecer que nas duas últimas semanas fiz um rápido diagnóstico (interior e cidade), para identificar pontos críticos, que necessitam de intervenção imediata, e para fazer mapeamento dos serviços a serem realizados, tanto pela patrulha agrícola (que aliás, semana que vem inicia a rodada com os líderes de núcleo, que deverão trazer as prioridades de cada comunidade, conforme combinamos em reuniões do mês passado), quanto pelas equipes na cidade. Esse diagnóstico, que resultou em um mapeamento, tem como finalidade otimizar o uso das máquinas e equipamentos, assim como as horas de trabalho dos funcionários. Então, é bom que todos saibam que a cidade está contemplada no cronograma. Até foram encomendadas várias lixeiras para serem distribuídas pela cidade (cabe ressaltar que o povo vai ter que se conscientizar, entre outros, com relação ao horário para colocar o lixo e, mais ainda, em separar o orgânico do lixo seco, para que este lixo orgânico não vá para o aterro sanitário). O que quero dizer é que estou fazendo todo o possível para que as condições de trabalho e de vida desta comunidade melhorem. E não com discursos bonitos, mas com ações. Eu nem iria mencionar nada disso, mas fui impelido a fazê-lo, pois com o que aconteceu na ponte da várzea do Toropi, todo nosso cronograma acabou ficando em segundo plano. Peço, aqui e agora, que a comunidade seja colaborativa. Que nos auxilie e chame nossa atenção para aqueles detalhes que, por ventura, nos escapem. Insisto, porém, que se o fizerem, que seja de forma respeitosa, porque tenho certeza que eu mesmo não deixei de tratar quem quer que fosse com respeito e cordialidade. Estamos sujeitos a equívocos, sim, somos falíveis. Mas, ninguém poderá dizer que não estamos nos esforçando. Contamos com a compreensão de cada cidadão matense se seu serviço solicitado não puder ser realizado imediatamente, já que nossa prioridade agora é o desvio que servirá de rota alternativa à BR 287. Uma cidade melhor se faz assim, com ajuda mútua e compreensão. Conto com todos e todas. Forte abraço, Marcos Hartmann, Secretário