Nossa Radio AO VIVO

quarta-feira, 11 de abril de 2012


Suspeito de abigeato é preso e paga R$ 18,2 mil de fiança em Jari, na Região Central

Homem de 42 anos tinha duas cabeças de gado que teriam sido furtadas em sua propriedade

Um homem de 42 anos foi preso ontem à tarde, em Jari, na Região Central. Conforme o delegado Antonio Firmino de Freitas Neto, da Delegacia de Polícia Civil de Tupanciretã, Aristeu Erd, 42 anos, foi detido em uma propriedade rural, durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão. Os policiais encontraram duas cabeças de gado que haviam sido furtadas em janeiro, em uma fazenda de Jari.
Diante do flagrante, o delegado estipulou fiança de R$ 18,2 mil, que foram pagos na hora. O suspeito de abigeato afirmou, em depoimento, que seria empregado de uma propriedade rural e ganharia R$ 100 por dia. Mas, como tinha dinheiro guardado, conseguiu pagar o valor.
Ainda segundo o delegado, Erd seria proprietário de um ônibus, duas motos, teria mais de 90 cabeças de gado e um carro. Conforme Firmino, o suspeito teria participado do furto dos gados junto com outro homem, que não foi localizado ontem.
Defesa — O advogado Enio Celeste Burtet, que defende Erd, afirma que seu cliente é inocente:
— Ele é prestador de serviço para granjeiros. Os animais vieram de propriedade vizinhas e ele iria comunicar o proprietário.
DIÁRIO DE SANTA MARIA