Nossa Radio AO VIVO

sábado, 23 de junho de 2012

Brigada Militar alerta para trotes no 190


expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferências, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios, independentemente de fronteiras". (Declaração Universal dos Direitos Humanos).SubseçãoO Comando do 5º R P Mon, através de sua  de Comunicação Social, vem a público alertar a comunidade santiaguense e regional, para os riscos causados à população pelos trotes freqüentes ao fone 190. Visando amenizar esta situação e aperfeiçoar o atendimento a população, o comando da unidade, investe na conscientização.
Muitas vezes o trote feito por uma pessoa, coloca outras em perigo, pois em situações de emergência a linha pode estar ocupada. Mantendo a linha do fone 190, livre, poderemos agir com mais rapidez, e atender a um número maior de pessoas.
É importante que a população tenha consciência de como é prejudicial este tipo de atitude. Além, de que é preciso a participação de pais e responsáveis, evitando que crianças e jovens usem o telefone para essa prática.
Cabe salientar, que a prática de trote é crime previsto no Código Penal brasileiro, e prevê pagamento de multa ou pena de um a seis meses de detenção.
Dentro da esfera de atribuições da Brigada Militar deve ficar bem claro que:
- Fone 190 serve para comunicação de crimes e de acidentes de trânsito, entre outros casos de urgência e emergência. Para quaisquer outras informações é disponibilizado o telefone 3251 2700.
Existem algumas punições previstas em lei, para quem for flagrado praticando trote aos telefones de emergência, sendo:
* FALSA COMUNICAÇÃO DE OCORRÊNCIA: Quando alguém liga para o fone 190 e comunica um crime que, na verdade não ocorreu, é uma falsa comunicação de crime, que prevê punição de até seis meses de detenção.
* INJÚRIA: Quando alguém utiliza o telefone para fazer ofensas a alguém. No caso do fone 190, quando as ofensas são dirigidas as policiais militares, a pena é aumentada de um terço. O caso pode ser considerado desacato a autoridade. Com pena prevista de até seis meses de detenção.
*CALÚNIA: Quando o telefone é usado para imputar falsamente um crime contra alguém. É passível de punição com até dois anos de detenção.
Esta é uma ação do Comando do 5º R P Mon, preocupado em melhor atender a população santiaguense e dos municípios dentro de sua área de responsabilidade. Estreitando, cada vez mais, os laços entre a força policial e a comunidade, interagindo de forma harmônica, atendendo aos princípios legais, e garantindo a segurança e a ordem pública.
Lembre-se: Ao passar um trote ao fone 190, o maior prejudicado é você. Defenda essa idéia. O trote só diverte os criminosos.
Matéria produzida pelo soldado Anderson Bittencourt da Comunicação Social da Brigada