Nossa Radio AO VIVO

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Morre o ex-governador Amaral de Souza.



Presidente do honra do PP, político foi o último chefe do Piratini indicado pelo regime militar

Morreu na manhã de ontem, em casa, o ex-governador do Rio Grande do Sul José Augusto Amaral de Souza. Ele tinha 82 anos e, em outubro de 2006, havia sofrido um AVC. O corpo de Amaral de Souza foi velado no salão Alberto Pasqualini, no Palácio Piratini. O sepultamento ocorre na manhã de hoje no Cemitério João 23. O governador Tarso Genro decretou luto oficial de três dias.

Amaral era presidente de honra do PP e foi o último governador gaúcho nomeado pelo regime militar.

– Ele era um grande conciliador, sabia unir o mestre com o operário. O partido tem um grande reconhecimento pela liderança que ele exercia. Mas Amaral era, sobretudo, um homem bom e justo – afirmou o presidente estadual do PP, Celso Bernardi.

Amaral governou o Estado entre 1979 e 1983, quando entregou o poder a Jair Soares, eleito pelo voto direto durante o período de transição. Antes, foi deputado estadual, federal e vice-governador de Sinval Guazzeli entre 1975 e 1979.