Nossa Radio AO VIVO

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Concursos públicos em xeque na região.



REGIÃO

Concursos públicos em xeque na região

MP investiga supostas fraudes em Formigueiro e Nova Palma

Hoje, a partir das 18h30min, vereadores que integram a CPI da Câmara de Vereadores de Formigueiro, que investiga supostas fraudes em concurso público promovido pela prefeitura, irão até ao Legislativo de Nova Palma para ouvir depoentes sobre novas denúncias que envolveriam os concursos recentemente feitos nesses dois municípios.

O concurso de Formigueiro, realizado em março deste ano, foi parar na Justiça por suspeita de favorecimento de parentes do prefeito e de um secretário de governo. No final de abril, o Ministério Público Estadual entrou com uma ação cautelar e obteve liminar de suspensão da contratação dos aprovados em que, segundo o promotor de justiça Sandro Loureiro Marones, haveria a possibilidade de alguma irregularidade. A prefeitura recorreu da liminar, mas acabou tendo o recurso negado pela Justiça.

O fato novo, e que envolve a seleção de Formigueiro, veio à tona em um dossiê, que começou a circular por Nova Palma no final da semana passado. Entre os documentos, denúncias de que o prefeito de Formigueiro, João Natalício Siqueira (PP), e o prefeito de Nova Palma, Elder Grendene (PDT), teriam supostamente trocado favores para beneficiar parentes.

O denunciante, que não se identifica, aponta que João Natalício teria criado uma vaga específica para garantir a aprovação do filho de Grendene no concurso promovido pela prefeitura de Formigueiro. Em contrapartida, Grendene teria facilitado a aprovação da sobrinha de João Natalício em Nova Palma.

– Não. Isso não existe. Única coisa que eu fiz foi pedir a ele (ao prefeito de Nova Palma) para nomeá-la. Mas isso é normal. Ela foi aprovada no concurso – justifica Siqueira.

Já o prefeito de Nova Palma, Elder Grendene, nega qualquer irregularidade na realização do concurso da prefeitura realizado em abril de 2011, e diz que tudo se trata de politicagem.

– Eles ( se referindo a possíveis adversários políticos) não conseguem chegar ao poder e ficam fazendo essa denúncia sem fundamento nenhum – defende-se Grendene.

CPI – Para o presidente da CPI que investiga as denúncias no Legislativo de Formigueiro, vereador Giovane Cardoso (PMDB), há fatores importantes que comprovariam as supostas fraudes. O presidente da Câmara de Vereadores de Nova Palma, Jossandro Marion (PMDB), que deve comparecer aos depoimentos da CPI que ocorrem hoje, disse que há a possibilidade dos vereadores de Nova Palma instaurarem uma CPI para investigar as denúncias na próxima semana.

Ontem, o Ministério Público confirmou, por meio da promotoria de Faxinal do Soturno – que abrange Nova Palma – que foi instaurado inquérito civil para apurar o caso. A empresa que realizou o concurso nos dois municípios, a IDRH, nega qualquer irregularidade.
fonte diário de santa maria.